• isabelaliaseditora

GIVE ME THE NIGHT: um texto de Virgínia Munhoz para a Aliás

Virgínia Munhoz *

Fotografia de Virgínia Munhoz

Give me the night

Apago a luz. Fecho o olho. Abro o olho. Fecho o olho. Enrosco os meus pés dentro das meias. Só durmo de meias. Passo a língua pela boca. Sinto que as costuras do pijama (sempre pijamas, nunca camisolas) estão tortas. Me remexo pra ficarem certinhas. Sinto que deitei com a orelha dobrada. Desdobro. O braço tá ficando dormente. ronco. Ronco. RONCO. ÓDIO!!! Quero cometer um homicídio. Não. Calma. Só quero silêncio. Esse blackout da janela tá gasto, tô vendo a claridade entrar. Amanheceu. Besteira. Agora eu durmo. Esses passarinhos devem estar drogados, não é possível!

Isso é um pica-pau bicando o ar condicionado?!

Sério?

***


Virgínia Munhoz


Libriana do ano do dragão, apaixonada por papel, cadernos, canetas e livros. Escreve à mão. Adora ficção científica de boa qualidade e romances baratos. Tem rinite alérgica e tatuagens. Segundo ela os personagens e o enredo das suas crônicas são baseados em fatos e pessoas reais. Será?


55 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo