• isabelaliaseditora

CORRER DE GANSO: um texto de Lais Eutália para a Aliás Editora

Lais Eutália*


Ilustração de Ju


corre de ganso

talvez eu seja metida demais. uma neguinha metida demais por falar demais sobre como leio o mundo com minhas lentes para alguéns. que não sabem como é ter que fazer o que não quer para conseguir o pão de cada dia.

a vida e o mundo não quer saber dos teus problemas não, fia. a conta d’água chega e tem que ser paga. não dá para ficar sendo triste no sofá com a boca cheia de dentes e angústias esperando a barriga roncar para ir atrás de conseguir comida, não.


talvez eu sempre esteja correndo demais para ficar questionando tudo que se passa no mundo azul e rosa das redes sociais e sobre como essas relações são superficiais. talvez eu não esteja tanto tempo nessas redes para reclamar sobre relações líquidas e sobre os algoritmos do instagram. porque - talvez - eu ache isso problema de branco ou porque eu esteja ocupada catando um feijão, fazendo uma faxina nas casas alheias, botando o lixo na calçada ou apenas pensando mais uma vez em inventar alguma maneira de conseguir fazer dinheiro!


talvez eu esteja de saco cheio de comunicação passivo-agressiva manipuladora com pessoas que não suportam serem contrariadas. talvez eu não esteja nem aí se por algo que eu fale, façam minha caveira.


fui cancelada faz tempo. desde o dia em que nasci me foi dada a sentença, que ignoro diariamente na teimosia de fazer minhas coisinhas mesmo que seja trocentas vezes mais difícil. talvez não, disso eu tenho certeza.


talvez eu não tenha tempo para ficar triste ou já tenha perdido um tanto da capacidade de me indignar. e fico extremamente irada por isso. como diz Solano Trindade, nem só de poesia vive o poeta. nem só de leituras vive a jovem escritora. há sempre um boleto querendo me vencer. tem sempre alguma pessoa que se julga aliada querendo me podar. sempre um homem branco me dizendo o que devo fazer.


talvez eu só esteja bastante cansada de correr três vezes mais para conseguir alguma coisa. porque aqui não tem herança, não há redenção.

*

mais cedo passei por uma situação de racismo num supermercado com logo de ave. e te digo... maior corre de ganso. por isso – talvez - eu esteja sem paciência.



***


Lais Eutália

Estuda história na ufc, às vezes conta histórias, chega junto de umas bibliotecas comunitárias, gosta muito de saraus, faz seu corre independente e também compõe a coletiva baRRósas.


Ju

trinta anos de sonho e de sangue. sol em aquário, lua em gêmeos e mais um monte de ar no mapa, mas jura que tem um coração. onde queres um lar, revolução. é psicóloga. desenha e escreve para não sufocar com as forças incontroláveis que traz no peito.



29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo