"Cadeira de balanço, balanço da memória"

Cibele Alexandre*


Cadeira de balanço, balanço da memória

Ilustração de Ju


Que sabor tem?


Caju tirado do pé

com um instrumento artesanal

feito de cabo de vassoura

e garrafa pet.


Bacia de manga.

Alcaçuz, talvez.


Mormaço e poeira.

Cor de sertão,

pé de redemoinho baixinho,

que alaranjado

verte flores

de poeira subindo do chão.


Tem cor de céu,

azul.

Clarinho.


Cadeira de balanço,

balanço da memória,

quintal,

porta holandesa.


Maio de 2020.


***

Cibele Alexandre

Mestra em Direito Constitucional Público e Teoria Política pela Universidade de Fortaleza. Pesquisadora nas áreas de Direitos Culturais e Mediação de Conflitos.


Ju

trinta anos de sonho e de sangue. sol em aquário, lua em gêmeos e mais um monte de ar no mapa, mas jura que tem um coração. onde queres um lar, revolução. é psicóloga. desenha e escreve para não sufocar com as forças incontroláveis que traz no peito.



3 visualizações0 comentário